quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Uma questão de cor?

Tudo o que vou escrever é inocente e sem qualquer maldade.

Cada vez que tenho alguém negro perto (quer no mesmo grupo que eu ou não) tento sempre evitar dizer a palavra "preto". Por exemplo: caso estivéssemos a falar de carros eu diria "prefiro o modelo escuro" e não "prefiro o modelo preto".

Não sei bem de onde é que esse medo surgiu, mas o facto é que automaticamente, sem que eu tenha sequer que pensar em como construir a frase, mudo as palavras e às vezes o sentido da frase para não ferir susceptibilidades.

Às vezes penso se tenho mesmo medo de ferir os outros (emocionalmente) ou de me ferir a mim (fisicamente).

Não tenho nada contra negros em geral. Tenho só contra alguns, da mesma forma que tenho contra alguns brancos.

8 comentários:

  1. Eu continuo sem perceber se os pretos ficam ofendidos quando lhes chamamos pretos ou negros. Sei que um dos termos é ofensivo para alguns deles. Só não sei qual.
    No fundo, acho que isto do preto/negro é só mais um ponto para haver guerras racistas. Por mais sinónimos que arranjemos, eles são pretos/negros/escuros e nós brancos. Ponto final nesta discução.

    Não entendo como é possível haver alguém a levar isto a mal. É uma constatação, não é uma ofensa.

    Mas entendo perfeitamente o que dizes... Nunca se sabe o que a outra pessoa está disposta a ouvir.

    ResponderEliminar
  2. Olha a Duda aqui! Lol

    Quanto à minha simples experiência....

    Costumo chamar "pretos" aos pretos esta é uma realidade, a verdade é que não chamo brancos aos brancos, mas esse foi o mundo em que cresci. Sem pessoas negras! Porém tenho grandes amigos pretos!!! E adoro-os, só que para mim discriminá-los seria evitar chamá-los de pretos, ou negros pois estaria a distinguir na minha cabeça que eles são diferentes... No fundo tudo depende das pessoas, sei que se um dia alguém me viesse dizer que estava ofendido eu mudaria, mas jamais fiz isto com alguma maldade, também por isso alguns dos "meus pretos" me chamam de "branca pálida" =/


    Qum vê cores, não vê corações!

    ResponderEliminar
  3. Pessoalmente chamo Preto e vou continuar a chamar. Pela simples razão que para mim o siginificante da palavra "preto" é cor e por, para eles, sermos os "brancos" acho que é assim que devo chamar. Eu não tenho grandes amigos pretos e por isso nunca me vi constrangido.

    No entanto, perante alguem de cor, tenho sempre duvidas em como me referir a "eles". Mas isso é completamente normal e para isso serve a comunicação e como nenhuma comunidade de pessoas de cor se pronunciou sobre o assunto é uma questão de saberes o que pensam as pessoas de cor com quem te dás.

    A tua "duvida" é completamente normal e não faz de ti racista de maneira alguma, vives apenas numa comunidade onde a comunicação entre, neste caso pretos e brancos, é escassa e por isso não é do conhecimento geral as suas preferências.

    Já nos EUA a palavra "niger" foi declarada pela comunidade negra de ofensiva sendo a palavra "black"="preto" a palavra politicamente correcta.

    Abraço Tiago e mais um Grande Post.

    ResponderEliminar
  4. Obrigado pelos comentários.

    Vi que de uma maneira ou de outra todos temos medo de ofender, mesmo que seja inconscientemente.

    Obrigado, mais uma vez.

    ResponderEliminar
  5. as far as i know, eles preferem "preto". diz que "negro" é forçado e eles não querem que uma pessoa esteja a pensar e a usar palavras que nao sao do seu vocabulario para serem referidos... porque isso de certa forma é estar a marcar a diferença
    sim, eu fiz esta pergunta directamente XD

    ResponderEliminar
  6. Bou comentari! =)

    O termo "preto" foi muitas vezes na história passada usado em modos ofensivos para com a raça negra, porém hoje em dia, desde que se mostre um certo respeito(aquele do estilo: não é para ofender, mas não sei usar outro termo) não há mal nenhum em se chamar a um negro de preto. Digo isto porque até dentro da nossa comunidade já usamos o termo. E sei do que falo, pertenço ao grupo do pessoal cor de café com leite! =)

    Como em tudo na vida: é uma questão de respeito, depende mais de como se diz, do que daquilo que se diz!

    ResponderEliminar